«aquela magia da música que vem do éter, é um hábito que se está extinguir (…) a rádio enquanto escuta caseira é um hábito que faliu e que nos fugiu, e não há maneira de voltar». António Sérgio in "Suplemento DN" de 08 de Julho de 2005

segunda-feira, 7 de abril de 2008

Emissoras da RTP exclusivas para a Internet

A Rádio e Televisão de Portugal (RTP) está apostar na Internet como plataforma para novos canais. Primeiro foi a Rádio Mozart, durante as comemorações dos 250 anos do compositor, agora é uma emissora totalmente dedicada à música portuguesa – a Rádio Lusitânia.

Faltam, no entanto, conteúdos à Lusitânia, pois é apenas um fluxo de música, tal como se poderia escutar num Compact Disc, misturando-se todos os géneros musicais. Ora isto já pode ser feito há muito tempo, por qualquer pessoa, no Cotonete. Também por ser exclusivamente online, não chega à esmagadora maioria da população portuguesa. Esta seria a mais valia da RTP: os conteúdos. Infelizmente não existem.
Há projectos para mais dois canais na Internet, até ao final de 2008, sendo que já está decidido que um será dedicado à cidadania. Também estão previstas emissoras temporárias na Internet dedicadas ao "Euro 2008" e ao "Rali de Portugal".

2 comentários:

Denudado disse...

Qual é o interesse de uma "rádio" online que se limita a repassar as músicas que são tocadas na RDP Internacional, que também se ouve online?

Ricardo disse...

Seria bem mais interessante subir o bitrate actual. A RDP transmite a 64kbps enquanto muitas das radios publicas da europa já transmitem na internet a bitrates de 320kps (Veja-se por exemplo o caso da Radio4 da Holanda).
No caso da Antena2 isto é fulcral. Com o actual bitrate torna-se penoso ouvir musica clássica através do stream na internet, porque o som está completamente distorcido, faz-me lembrar a distorção que as antigas cassetes produziam depois de tocadas milhares de vezes... Haverá quem goste, eu não suporto.