«aquela magia da música que vem do éter, é um hábito que se está extinguir (…) a rádio enquanto escuta caseira é um hábito que faliu e que nos fugiu, e não há maneira de voltar». António Sérgio in "Suplemento DN" de 08 de Julho de 2005

sexta-feira, 20 de junho de 2008

“Sim”: A Nova Emissora da Renascença

O Grupo Renascença vai lançar uma nova estação de radiodifusão cuja programação terá conteúdos temáticos sobre saúde, família, desporto, lazer e educação. A música vai incidir especialmente nos êxitos dos anos 40, 50, 60 e 70, sendo vocacionada para um público-alvo acima dos 55 anos.


A nova estação emitirá em Amplitude Modulada (AM) e em Frequência Modulada (FM) cobrindo assim todo o país. É extremamente positivo a reabilitação da Onda Média da Renascença, mas falta saber quantas estações locais de radiodifusão serão silenciadas para que esta nova emissora possa ter cobertura nacional.

3 comentários:

Anónimo disse...

Seria de lamentar se a generalidade das estações locais tivesse conseguido provar, ao longo dos anos, que eram capazes de marcar a diferença face às estações nacionais.

Denudado disse...

Uma das rádios locais silenciadas pelo Grupo Renascença, para dar lugar a este "novo canal", será certamente a Rádio Ocidente, de Mem Martins, no concelho de Sintra.

Escrevi "novo canal" entre aspas porque o emissor de onda média da Renascença no Seixal, em 963 kHz, já há bastantes anos que irradiava um canal, chamado Voz de Lisboa, que tinha um perfil muito parecido com o que é agora proposto (ou pelo menos assim parece).

Já que falo em onda média, lembro que o emissor do Porto da Renascença, situado na serra de Santa Justa, em Valongo, e que transmite na frequência de 1251 kHz, se ouve bastante mal em vastas áreas do... Porto! Se "aquilo" consome uma potência de 10 kW, como se diz, então há qualquer coisa que está francamente mal nele.

Anónimo disse...

Eu acho que temos de dar os parabens a RENASCENÇA e não ter uma atitude negativa vamos esperar para ver o portugues tem por habito falar mal da festa antes da festa temos de mudar de atitude e de mentalidade e darmos sim ou melhor aprendermos a dar mais valor ao que é nosso.Os espanhois teem orgulho nas suas radios nos temos de ter este espirito tambem senão o que vai ser de nos??Vamos perder a nossa identidade.Todos sabemos que a questão das frequencias a repartição das mesmas as potencias etc esta sujeita a muita coisa e por vezes bem mais complicada do que aquilo que pensamos.Não falem mal antes da festa.Vamos esperar para ver.Ou voces esquecem-se de que a RENASCENÇa so tem somado louros e trunfos em tudo aquilo que se mete portanto vai ser mais um trunfo da RENASCENÇA OK??Vamos esperar com calma e ver o que por aí vem meus amigos.