«aquela magia da música que vem do éter, é um hábito que se está extinguir (…) a rádio enquanto escuta caseira é um hábito que faliu e que nos fugiu, e não há maneira de voltar». António Sérgio in "Suplemento DN" de 08 de Julho de 2005

quinta-feira, 19 de junho de 2008

Crise

É uma palavra a que os portugueses já estão muito familiarizados (infelizmente): "crise". Os grandes grupos de media também não escapam. «A crise e o “grau de incerteza” que se faz sentir obriga a Media Capital a ser “cautelosa na hora de tomar decisões”».

Com os resultados do Rádio Clube ( e não só), não é de estranhar que haja "crise".

3 comentários:

Anónimo disse...

Em crise, crise das grandes, por esse País (a)fora, está o RCP da MC... Ai está...

Oubinte Trinta

Anónimo disse...

A publicidade nos média espanhóis está a cair em média 25 por cento, em relação ao ano passado. Na rádio, 50 por cento. (Via Ponto Media em http://ciberjornalismo.com/pontomedia/?p=2715 )

vitoscano disse...

Sim o RCP não sei, talvez acabar com ele e concorrer com a nova onda RR a Sim ou aproveitar e meter lá onde poder ser e não apareça 2 vezes para ter mais ouvintes a M80, mas parece-me que rádio de noticias por mais apresentadores famosos que lá ponham e mudanças que ocorram, não deve ir a lado nenhum e muito menos aumentar a audiência. O RCP como já disse só funciona bem das 7ao 12 e muito devido ao Adelino Faria(olha que o aproveitem e vá para o novo canal de TV de notícias do grupo que parece que vai surgir em Janeiro, ele já têm experiência e chama público). Fazer uma concorrente para a Antena2 que bem precisava gostava, mas estou a sonhar.