«aquela magia da música que vem do éter, é um hábito que se está extinguir (…) a rádio enquanto escuta caseira é um hábito que faliu e que nos fugiu, e não há maneira de voltar». António Sérgio in "Suplemento DN" de 08 de Julho de 2005

segunda-feira, 15 de outubro de 2007

Bareme rádio - I

Segundo o Bareme Rádio, da Marktest, no terceiro trimestre de 2007, o Grupo Renascença continua liderar, mas foi o que mais desceu nas audiências, sendo a Mega FM a única estação do grupo a conquistar ouvintes.
A Media Capital Rádios (MCR) é o segundo grupo preferido dos portugueses. A Rádio Comercial continua a liderar o grupo, enquanto o Rádio Clube perdeu ouvintes. A novidade é a entrada da nova estação da MCR, a M80.
A TSF - Rádio Notícias desceu nas audiências, enquanto que nas emissoras radiofónicas do grupo RTP só a Antena 3 conquistou ouvintes, mas a liderança do grupo pertence à Antena 1, que também desceu.
É normal a rádio perder ouvintes no terceiro trimestre, dado que é um período de férias em que os hábitos de escuta radiofónica são alterados. Provavelmente, algumas estações emissoras voltarão a subir nas audiências.

2 comentários:

vitoscano disse...

Bem este trimeste ainda não inclui as novas mudanças na Antena3, mas ainda bem que subiu.Dúvido é que se mantenha(oxalá esteja enganado),pois anda a fugir ao seu publico alvo e a procura não sei de que.Neste trimestre em causa incluia muitos festivais, Paredes de Coura por exemplo isso faz sempre melhorar a audiênca.
Será a melhor opção para a Antena3 ter tal como a Antena1 um pequeno espaço diário sobre sexo,isso neste caso faço nim pois acho que sim e que não.
Será tambem a melhor de escolha musical para antena 3 o tema Chiclete dos Taxi, como escutei por lá, para o público alvo já é uma musica um tanto fora,faço nim tambem tenho duvidas.
Em relação ao rádio Clube as férias fazem descer o público, uma vez que não se escuta em todo o pais e ainda não inclui-a as alterações para mim boas feitas depois.

PE disse...

este estudo da Marktest continua a dar-me vontade de rir (ou de chorar);
"audiências de rádio" avaliadas trimestralmente?
não consigo levar isto a sério, é mais forte que eu...