«aquela magia da música que vem do éter, é um hábito que se está extinguir (…) a rádio enquanto escuta caseira é um hábito que faliu e que nos fugiu, e não há maneira de voltar». António Sérgio in "Suplemento DN" de 08 de Julho de 2005

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2007

Inovações na página da RR

A Rádio já não é só som, com a Internet novos horizontes se abriram para a rádio. A Rádio Renascença (RR) disponibiliza na sua página da Internet, desde ontem, ficheiros pdf com «o essencial da informação», duas vezes por dia, de segunda a sexta feira.
O título do "jornal" é "Página 1".A RR recupera o nome de um programa de informação de finais da década de 1960, que foi bastante popular.

2 comentários:

Denudado disse...

Desculpe contradizê-lo, caro Jorge Guimarães Silva, mas o programa "Página 1", que José Manuel Nunes fazia na Rádio Renascença em finais da década de 60 e inícios da de 70, não era um programa de informação. Era um programa predominantemente musical, em que surgia por vezes alguma informação ao longo da emissão.

Seja como for, pela sua qualidade e pelo seu judicioso equilíbrio entre música e palavra, o programa "Página 1" constituiu uma imagem de marca da Renascença naquela altura e influenciou a maneira de fazer rádio, tanto em Portugal como nas colónias. Mesmo nas pequenas rádios dos confins de África se faziam programas confessadamente influenciados pelo "Página 1", como era o caso do programa "África 1", do Rádio Clube do Moxico, no Leste de Angola.

Seria bom que José Manuel Nunes pudesse ensinar às novas gerações de radialistas como é que se faz.

Jorge Guimarães Silva disse...

Denudado, Contradiga à vontade. è para isso que servem os comentários. E a colaboração dos meus leitores é preciosa, quer estejam de acordo comigo ou não, pois enriquece este blogue.
Um abraço