«aquela magia da música que vem do éter, é um hábito que se está extinguir (…) a rádio enquanto escuta caseira é um hábito que faliu e que nos fugiu, e não há maneira de voltar». António Sérgio in "Suplemento DN" de 08 de Julho de 2005

segunda-feira, 24 de setembro de 2007

Troca de conhecimentos com emissoras finlandesas

A troca de conhecimentos sobre a forma de trabalhar em radiodifusão entre emissoras de diferentes países é uma excelente forma de melhorar a rádio que por cá se faz. Um exemplo disso é o projecto Radio Camp, cuja segunda edição decorreu em Saarilla, na Finlândia. Integrado no projecto “Village Radio”, a iniciativa decorreu no âmbito do Programa LEADER +, de que é Entidade Promotora, a ADIBER – Associação de Desenvolvimento Integrado da Beira Serra, em parceria com as suas congéneres finlandesas, Joensuu Region LAG e Kalakukko Development Association.
«Os representantes portugueses e os finlandeses receberam formação em técnicas de planificação de reportagens de exterior, redacção de notícias e entrevistas, aprendendo a conduzir e a registar entrevistas que, posteriormente, são tratadas em software específico de edição de áudio. Passaram por várias aldeias e instituições locais onde recolheram e registaram em áudio vários depoimentos e histórias de vida de habitantes dessas aldeias.
O trabalho de campo resultará na edição de vários programas de rádio, temáticos, com a duração média de 6 minutos que irão ser emitidos pelas 4 rádios envolvidas no projecto – R.C. Arganil e Boa Nova, de Portugal; Rádio Rex e Oikea Asema, da Finlândia
».
O “I Radio Camp” realizou-se em Maio, em Portugal.

7 comentários:

vitoscano disse...

Neste ultimos tempos muito mudou na Rádio em Portugal 1º o RCP, depois a Comercial e por fim a Antena3.Que lhe parecem estas mudanças?As mudanças no RCP:A Ana Sousa Dias do que escutei pareceu-me algo nervosa e com problemas nos tempos das conversas mas ela vai se habituar de resto pareceram-me boas mudanças(é de saudar o regresso da Maria de Vasconcélos não sei quando, mas bem gostava de saber). A Comercial até fez boas alterações,com excepção do despedimento do Antonio Sergio, havendo tambem a salientar que para ter apresentadores novos tenha de ir á sua maior concorrente "roubar", refiro-me á Mega fm do grupo RR(ver espaço 17-20 Segunda Sexta). Na Antena 3 há coisas boas e á coisas más: 1-Passou a ter mais infomação a todas as horas durante o dia(até ás 20h)2-Deixou de ter a Quinta dos Portgugueses, e ocorreu um aumento do programa Portugália que passa a ter mais 1h aos Domingos á tarde.3-Melhorou para mim a seleção musical, muito á custa de agora passar menos música(ver o caso das Sextas á tarde ou Fim de Semanas de Manhã por exemplo)4-Para mim tem demasiados programas de conversa:chegava a Prova Horal e podiamos aceitar o programa dos Domingos entre as 11 e as 13 de conversas de senhoras. Os 2 espaços de de conversa das Sextas não lhes encontro lógica nenhuma neste tipo de rádio(nada contra a Inês Meneses, a Ana Bola e a Clara Pinto Correia, pessoas que eu muito aprecio).5-Tem alguns Bons programas com acontece no espaço nocturno de Segunda a quinta(por exemplo programa Nações Unidas é muito bom ou os programas de dance Music ao fim de semana)6-Talvez tenha demasiados espaços de Humor,mas destes não me importo, tenho é pena que levem a que se passe menos música, como acontece de Segunda á quinta ás 23h com o Programa do Rui Unas.

vitoscano disse...

Continuo á achar os espaços entre as 12h e as 17h no RCP um tanto ou quanto chatos mas é só uma opinião, nem sei como os mudaria

Jorge Guimarães Silva disse...

Na próxima semana será colocado um texto sobre as últimas alterações na rádio portuguesa.

Anónimo disse...

Vitoscano,

Porquê é que diz que a Antena 3 tem muito espaços de conversa?

A rádio não é só música. A palavra também é muito importante, mas pouco valorizada em Portugal. Veja Espanha!

vitoscano disse...

1- Trata-se de uma rádio para jovens, e não é que os jovens não gostem de programas de conversa eu concordo que existam e eu tambem gosto(tenho 30 anos),oiço muita vez o Prova Oral e a rádio não é só música. Até gosto de alguns dos novos programas da 3, por exemplo o dos Domingos entre as 11h e as 13h com a Raquel Bulha ou no mesmo horário nos Sabados Nuno Markl e Alvim, mas como eu digo não vejo a lógica por exemplo de numa rádio como a Antena 3 ter um espaço semanal ás Sextas de conversas femininas com a Ana Bola e a Claro Pinto Correia moderado pela Monica Mendes(a juntar ao dos Domingos de manhã são 2 programas feminios),ou ter as 17 e pouco numa sexta uma 2ª edição coxa do programa da Sic Mulheres, com a Inês Meneses e outro senhor(não recordo o nome)ao qual falta o resto do pessoal.
2- Faltou mencionar no post anterior que achei boas as mudanças feitas na programação da RR á já algum tempo (do pouco que tenho escutado é salvo erro a rádio a que tenho notado uma maior rotação da Playlist dentro do estilo claro ).
3- Tambem acho bastante bom o programa das manhãs de fim de semana do RCP entre as 10h e as 13h(já tenho dúvidas no que escutar aos Sabados e Domingos de manhã apartir das 10 se a o RCP se a Antena3 ou a Antena1 ou até a comercial pelas 12h de Sábado 80 á hora ou a RR das 10h as 12h Sabados- Hotel California enquanto não mudar o horário, o que é bom sinal da vitalidade da rádio em Portugal).

vitoscano disse...

Ao visitar o site da RR e ao passar pela parte do animadores verifiquei que aos Sabados e Domingos temos pelas 23h Elisabete Caixeiro no ar, o problema é o seguinte ela esta apenas 30m em cada um dos dias fora as noticias terá isto alguma lógica? Os apresentadores anteriores Carlos Bastos no Sabado e José Relvas no Domingo não poderia fazer esses 30m, devem ser muito complicados devem.

Anónimo disse...

Qual é o problema de ser a Elisabete a fazê-lo, se é uma das vozes da Estação, e faz mais coisas para além desses 30 m ao fim de semana? Ao menos a RR ainda não a perdeu. Saliento que é das melhores vozes femininas portuguesas... Sem dúvida alguma! Ainda bem que o faz!