«aquela magia da música que vem do éter, é um hábito que se está extinguir (…) a rádio enquanto escuta caseira é um hábito que faliu e que nos fugiu, e não há maneira de voltar». António Sérgio in "Suplemento DN" de 08 de Julho de 2005

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

A Rádio Vai Deixar de Ser o Que É

O Congresso Nacional de Radiodifusão, que decorreu em Vila Real, no fim de semana passado, teve algumas conclusões acerca do futuro da radiodifusão.

Num futuro muito próximo a radiodifusão vai estar diferente. “O futuro das rádios passa "inevitavelmente" pela Internet, um meio de evolução tecnológica que já foi adoptado por 80 por cento das rádios portuguesas”.

Dentro de 10 anos, Segundo João Paulo Meneses, a “rádio vai deixar de ser o que é”. É uma realidade que a radiodifusão já está a mudar. A Internet permitiu que a rádio encontrasse novos caminhos.

2 comentários:

Kyriu disse...

a rádio será sempre o que é... ;) que é outra forma de ver a coisa, não?

tarzanboy disse...

Falo por mim: a rádio que ouço, hoje em dia, em casa, é através da Internet.